Dicas de Aplicativo: Moda Livre

Você é o que você… Veste!  Descobrir quais marcas não estão envolvidas com casos de trabalho análogo à escravidão agora ficou mais fácil com o aplicativo Moda Livre, desenvolvido pela ONG Repórter Brasil.

Para cortar custos e se eximir da responsabilidade de arcar com direitos trabalhistas, é bastante comum que marcas populares e grifes renomadas terceirizem a sua produção de roupas. Infelizmente, a falta de controle sobre os fornecedores abre portas para a escravidão contemporânea e outras infrações trabalhistas nas oficinas de costura. Um sistema que tem como vítimas mais comuns migrantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica de países sul-americanos, que chegam aqui à procura de melhores condições de vida.

A ONG CRIADORA

O Réporter Brasil é uma organização não governamental criada em 2001 por jornalistas, cientistas sociais e educadores. Ela apura e dissemina informações para fomentar a reflexão e a ação contra a violação aos direitos dos trabalhadores do campo. É uma das principais fontes de dados sobre trabalho escravo no país.

O site reporterbrasil.org.br é tido como referência não só no Brasil, mas também internacionalmente, sendo muito comum o intercâmbio de informações com jornalistas de alguns dos principais veículos de imprensa do planeta.

Com a estratégia de distribuição gratuita de conteúdo e licença aberta para livre reprodução, a equipe consegue ampliar o alcance de denúncias e colocar na agenda da sociedade brasileira temas de fundamental importância tais como tráfico de pessoas, trabalho infantil, superexploração de trabalho em frigoríficos, no setor têxtil, impactos ambientais do uso de veneno, entre outros.

Desde o começo, a missão da Repórter Brasil é identificar e tornar público casos de violação aos direitos socioambientais e trabalhistas de forma a mobilizar lideranças políticas, sociais e econômicas para efetivar os direitos humanos no Brasil.

Entendendo a cadeia produtiva

O aplicativo entende que as empresas devem ter responsabilidade em toda a sua cadeia produtiva. Então, se ela contrata um fornecedor e terceiriza a produção de roupa, ela também é responsável por isso. Esse é o entendimento do Ministério Público e do Ministério do Trabalho.

Escolher a próxima roupa que estará em seu guarda-roupa é uma ferramenta mais poderosa do que você pensa. Afinal, caso os consumidores não deem mais dinheiro para marcas que exploram trabalhadores, aumentam as chances de toda a cadeia de produção da moda sofrer transformações positivas.

Com essas informações valiosas na palma da mão fica muito mais fácil escolher de quem vamos comprar. Então, antes de entrar numa loja, que tal pensar no tipo de empresa que queremos apoiar?

Moda Livre: O app que denuncia

O aplicativo para celular “Moda Livre”, criado pela organização, incentiva o consumo consciente de roupas. A ferramenta pode ser baixada em celulares com sistemas iOS e Android, e traz atualmente um catálogo com mais de 77 grifes e varejistas da moda apontados de acordo com o comportamento de cada uma delas em relação ao respeito a direitos trabalhistas. Importante salientar que todas as informações são coletadas junto ao Ministério do Trabalho.

1- Caso a empresa tenha algum mecanismos de acompanhamento da cadeia produtiva e não tem histórico de uso de mão de obra escrava, é sinalizada em verde.

2- Se ela monitora seus fornecedores, mas de forma insuficiente ou se já foi flagrada anteriormente com mão de obra escrava, é sinalizada em amarelo.

3- Se a marca não controla as condições laborais das fábricas, já foi autuada por trabalho escravo ou se negou a responder o questionário, é sinalizada em vermelho.

Gente, pasmem! Grandes marcas como, Colcci, Centauro, Demillus e Triton estão com o sinal vermelho, ou seja, são muito mal avaliadas. O interessante é que dentre todas as marcas disponíveis, é possível saber quais foram os crimes cometidos por elas, qual o nível da transparência na informação das condições de seus trabalhadores, qual a qualidade do monitoramento de sua rede de fornecedores, e se não há nenhum flagrante de mão de obra escrava em seu histórico. Sensacional ou não?

O aplicativo não recomenda que o consumidor compre ou deixe de comprar roupas de determinada marca, apenas fornece informações para que faça a escolha de forma consciente. E isso é o mais bacana! O consumo consciente hoje é um assunto que gera muita reflexão, principalmente pelo fato da celeridade das relações de consumo. Como consumidores, cabe a nós a escolha: vamos consumir diretamente de marcas que ignoram os direitos humanos? Vale o questionamento antes de comprar aquela roupa bacana nas grandes cadeias.

Agora não temos mais como desculpa o fato de ter que averiguar no google as marcas que não estão comprometidas com esse tipo de crime: o aplicativo faz todo trabalho pra gente e aponta quem são os mocinhos e os vilões da indústria da moda.

Ferramentas como o app Moda Livre são importantes, pois nos permite abrir os olhos e a entender que ao comprar uma peça de roupa vale levar em conta muito mais do que simplesmente o preço. A sua nova blusa de R$10 pode estar custando caro para quem a produz. Pense nisso.

O app está disponível gratuitamente para iPhone e Android!

Espero que tenham gostado!

Beijos

 

Presentes baratos e divertidos

Presentinhos

Setembro é um mês em que tenho muitos, MAS MUITOS aniversários para ir. E como lidar com tantos presentes e lembranças para dar para a pessoinha querida? Claro que comprar presentes crativos com um preço amigo! Quer opções de presentinhos legais? Hoje vim com opções diferentes.  E o melhor: com valores em até R$ 100! Uma seleção variada e moderninha da Gorila Clube – você vai ficar com vontade de se presentear, viu?!

1- Cantil de Whisky – Quem aqui não tem aquele amigo o amiga beberreiro??? EU tenho várias (alô Lívia!). Um Cantil para Whisky do Gorila Clube é exatamente o que você precisa para tirar uma onda por aí, e dar umas bebericadas, com moderação claro, quando quiser! Você pode colocar outras bebidas que não seja whisky, vale muito a brincadeira!!

2- Necessarie Make Up Raposa – Quem aqui adora uma necessaire? Essa possui divisórias. Ótima para separar os produtinhos da viagem e ficar bem mais organizado na hora de procurar a make. Eu amei a estampa, muito fofa!!!

3- Kit Caderno de Anotações Matrioska – 4 Peças – Super fofo e funcional, o kit de caderninhos é ideal para suas anotações e recadinhos e ainda poderá ser levado pra onde você for, já que possui o tamanho compacto e fácil de transportar. O kit vem com 4 caderninhos de notas super fofos.

Especiais para casa

4- Placa Senha do Wi Fi – Mostre que você é bacana e que sua casa tem  WIFI de forma criativa para as visitas antenadinhas e que não ficam sem acesso a internet, eles vão amar! Assim ninguém mais vai deixar de te visitar por ter que ficar desconectado.

5- Cortador de pizza– Comer pizza não é simplesmente se alimentar, é uma experiência. E para deixar essa experiência melhor, que tal esse cortador de pizza divertido!? Acho um saco ter que cortas as fatias com a faca, mas o corredor vai fazer todo o trabalho e aposto que até aquele seu amigo pouco pró-ativo vai se animar para cortar uma fatia de pizza. Aí eu vi vantagem, hein?!

6- Capacho Google Maps Pin You Are Here – Se a primeira impressão é a que fica, então os capachos são a fórmula infalível para garantir uma visão bem positiva. Os itens são a forma perfeita de dizer olá aos convidados e transmitir a sua personalidade com estilo!

Legal ou não é?

Fala sério, muitas coisas legais, né? Tem objetos para escritório, decoração, cozinha e muito mais!! Gostou das opções? Curti muito fazer este post porque, mesmo que seu grupo seja heterogêneo, lá na Gorilla Club você encontra presentes por categoria. O máximo, né?

Gostaram? Então corram para conferir outros produtos legais que a Gorila Clube possui! E fiquem de olho também nas redes sociais, eles sempre estão postando coisas novas e legais!!!

Facebook Gorila Clube

Instagram Gorila Clube

Google + Gorila Clube 

 

Ansiedade: o mal do século

Todo mundo tem?

Quando fui diagnosticada com TAG o meu psiquiatra me disse que a ansiedade faz parte da vida de todos. Descobrir qual é o nosso ritmo das coisas é de uma sabedoria enorme sobre nós mesmos e um exercício sobre o que queremos para a nossa vida!

Para quem não sabe, TAG significa Transtorno de Ansiedade Generalizada e ela é um estado de ansiedade crônica. Eu, desde pequena sempre fui ansiosa. Quando a família falava em viajar, eu já começava a pensar na viagem 1 ano antes dela acontecer, e isso sempre foi uma característica que minha mãe percebia e se preocupava.

A medida que fui crescendo e com as mudanças que ocorrem na vida, esse sentimento deixa de ser natural e passa a ser motivo de preocupação de verdade.

Alguns comparam a ansiedade com um apêndice: Todo mundo tem, mas em alguns a coisa vai inflamar!!

Movimento slow e a sua importância

No mundo moderno estamos em estresse constante. Se no passado o normal seria fugir de um leão ou de um tigre de vez em quando, nós temos que matar um leão por dia. Quando não damos um intervalo para esse sistema de alerta, ele acaba sendo sobrecarregado e gerando problemas para nossa vida. Dessa forma, a ansiedade deixa de ser uma função normal e passa a se tornar uma doença. Isso porque  seus sintomas simplesmente saem do nosso controle.

Vamos encarar: precisamos de uma revolução “slow” (devagar, em inglês) mais do que nunca! O mundo está preso na aceleração. Trabalhamos rápido, falamos rápido, pensamos rápido, comemos rápido.. às vezes me pego querendo ler o começo de um texto pelo final para avaliar se realmente vale a pena. Isso não é normal, definitivamente.

Fazer tudo com pressa claramente é uma loucura. Nossa saúde, dieta e relacionamentos sofrem. Cometemos erros no trabalho. Temos dificuldade em relaxar, aproveitar o momento e até em ter uma boa noite de sono.

Nosso vício em velocidade é tão grande que estamos até tentando acelerar coisas que são, por natureza, projetadas para nos desacelerar. Outro dia vi em algum anúncio na internet uma aula de ioga acelarada. Oi? É por isso que o movimento slow, que convida as pessoas a desacelerar, está crescendo rapidamente. Isso me deixa feliz!

Milhões de pessoas estão adotando uma abordagem mais lenta à comida, por exemplo,e consequentemente comendo melhor. A filosofia slow significa fazer tudo na velocidade certa – rápida ou lenta ou o ritmo em que você funciona melhor. Em outras palavras, você não precisa largar a carreira ou jogar o celular para desacelerar. Pode pegar leve, em qualquer lugar.

De mandeira geral, acho que temos que tentar entender nossos medos mais frequentes, angústias cotidianas e dificuldades para lidar com os percalços da vida. É uma bom começo, não?

Cortar o mal pela raíz

Como no exemplo bobo do apêndice, do início deste texto, uma vez que a ansiedade adoece não adianta esperar – o melhor é procurar o mais breve possível orientação médica (psiquiátrica) para que o diagnóstico correto impeça o quadro de piorar. Na minha última crise, não dei importância para os sintomas. O que aconteceu? Chegou ao ponto de não conseguir mais sair de casa, e um novo diagnóstico na lista: transtorno de pânico.

A parte ruim disso tudo é conseguir aceitar que tudo será igual e nada vai mudar. A correria do nosso dia a dia não vai melhorar por que estamos ansiosos. Então fica combinado o seguinte: temos que agir agora, e não ficar esperando um futuro idílico que nunca chega. Somos ensinados o tempo todo a ocupar nossa mente, a nos manter produtivos, a não ficar parados. Mas, se soubermos lidar melhor com nossos pensamentos, aliviaremos em grande medida o estresse!

No primeiro sintoma, a dica é única: Procure um médico. Não deixe o mal se instalar. O tratamento é bem específico para cada paciente, e em geral não apenas com remédios que se trata a doença. Terapia, atividades físicas, meditação e coisas que te dão prazer são exemplos de atividades que ajudam e MUITO quem sofre de ansiedade.

 

O que tirar disso tudo

É da natureza humana estar em permanente aprendizado, adquirindo conhecimento e agregando valor aos vários tipos de abordagens culturais e pessoais. Mas o grande problema dos nossos dias é a ausência de limites. Estamos cada vez mais comandados pelas pressões externas, subjulgados pelas imposições dos diversos grupos sociais.

Raras são as vezes que pensamentos em nós. Não costumamos refletir sobre o que realmente nos interessa e em geral tomamos decisões sobre extrema pressão ou fazemos as nossas atividades de maneira errada. O resultado? Você já sabe: Desejamos fazer de tudo um pouco e não fazemos nada. Meus amigos, o nosso corpo não suporta tanta pressão, quem dirá nossa mente! 

A mensagem que queria passar diante de tudo o que foi dito é:

Sejam cautelosos! Vigiem suas reações e monitore os seus anseios de vida. Se auto-questione todo o tempo: É isso mesmo o que eu quero? Vigiar os nossos pensamentos, as nossas ações faz a diferença no final das contas. No final vocês verão que a ansiedade diminuirá.

Não deixe que o trabalho, o estudo, os afazeres tomem conta da sua vida, tanto a ponto de não sobrar tempo conversar com seus amigos, de visitar e estar presente em datas importantes de sua família, e de não sobrar tempo para o seu lazer… Organize o que é prioridade para você, o que é importante em sua vida! Organize-se de modo que possa atender aos desejos de seu coração também!

Espero que tenham gostado do post de hoje.

Beijos, e avante!

Study Tips – Como estudar melhor?

Quem nunca sofreu ao se dar conta de que perdeu o dia inteiro fazendo coisas inúteis e não conseguiu terminar a única coisa que realmente precisava fazer? Isso é tão comum que me veio a mente fazer um post com dicas para aqueles que como eu, estudam a maior parte do tempo e precisam otimizar o tempo.

Fazer várias coisas ao mesmo tempo

Uma coisa é certa: Precisamos aceitar de uma vez  que nós NÃO somos capazes de fazer mais de uma coisa que exija a concentração ao mesmo tempo. É meio constrangedor se pegar pesquisando sobre assunto que não têm NADA A VER com o que se estava determinado a fazer, tipo, sereias ou como são construídas as pontes, quando alguns minutos atrás você estava super determinado a terminar uma matéria do edital. Mas às vezes essas grandes questões da vida aparecem na nossa cabeça e aparentemente a única solução possível é parar tudo e ir para o Google.

Parar o que você está fazendo para fazer outra quebra sua concentração e faz com que você perca um tempo valioso. Uma dica valiosa é: quando lhe vier à mente algo sobre o qual queira pesquisar ou alguma outra idéia que fixe na sua mente, anote num papel e volte a fazer o que estava fazendo. Sim, isso já é uma interrupção, mas você já havia perdido o seu foco e pelo menos está lidando com isso de uma forma que não lhe faz perder ainda mais tempo. Pegou? 

Tenha estratégia e organização

Nada é mais importante para um estudante ou concurseiro quanto seu local de estudos. É o local onde você estuda, aprende, pratica e se prepara até o derradeiro dia da prova ou concurso. Mas será que seu local de estudo está te ajudando a aprender? É certo que cada um tem as suas particularidades, cada um funciona de um jeito. Eu, por exemplo, preciso de um lugar isolado onde eu fico sozinha com uma música de fundo, só assim eu consigo produzir mais.

Não basta apenas decidir qual seu local de estudos ideal, também é importante organizá-lo de maneira que te ajude a estudar melhor.

Não adianta eu dizer para você estudar em uma mesa se esse não for seu hábito, por exemplo, conheço pessoas que conseguem estudar muito bem em cima da cama (apesar de achar estranho, o máximo que eu conseguiria seria dormir 🙂 ), também existem aqueles que aprendem muito melhor sentados em um sofá. Mas enfim.

Onde você vai estudar? Se você ainda não sabe qual seu melhor local, faça um teste estude em lugares variados. Um dia você estuda na mesa, outro no sofá, outro na cama, outro em uma cadeira na varanda, outro sentado na rede, enfim, faça o teste e descubra seu local de estudos! O meu é na mesa do meu quarto, até por que vejo muitas aulas no computador, então fica bem mais confortável fazer isso na mesa do desktop.

Checklist de Materiais para estudar

  • Caneta azul e preta anotar e escrever.
  • Marca-texto para aquilo que for mais importante na hora da leitura e revisões.
  • Livros e apostilas. (Evite deixar vários livros perto, tenha só o necessário.)
  • Bloco de anotações ou caderno.
  • Garrafa de água ou copo.
  • Computador ou smartphone somente quando você tiver uma vídeo aula para assistir, uma apostila em PDF para estudar ou exercícios para fazer.

Checklist do que manter longe

  • Smartphone está no topo da lista, claro.
  • Televisão ligada
  • Afaste todo material inútil para seu aprendizado como revistas, livros ou cadernos que não tenham nada ver com seu tema.

Método Pomodoro

Você já ouviu falar nessa técnica? Se não, fica tranquilo que eu te explico!  Para quem não sabe, o termo “Pomodoro” em italiano, significa “tomate”. Mas, não, você não vai precisar de um tomate de verdade para colocar em prática essa técnica de estudo. Esse nome foi escolhido depois que o criador, o italiano Francesco Cirillo, usou um daqueles cronômetros de cozinha com o formato de um tomate para gerenciar o seu tempo.

A técnica se baseia na ideia de que fluxos de trabalho divididos em blocos podem melhorar a agilidade do cérebro e estimular o foco. Depois de muita pesquisa, Cirillo chegou ao período de 25 minutos como sendo o tempo ideal para esses blocos, também conhecidos como “pomodoros”.

O princípio do método é bastante simples. Para alcançar bons resultados você precisa seguir tais critérios básicos:

  • Ajuste seu timer (físico ou mesmo pelo celular) em 25 minutos, cada um é chamado de “pomodoro”.
  • Trabalhe focado na tarefa até que o tempo se esgote.
  • Ao fim do “pomodoro”, descanse por 5 minutos.
  •  A cada quatro “pomodoros” faça uma pausa maior de 30 minutos.

Os descansos são essenciais para que tudo o que não é a tarefa seja executado. Então, não esqueça de usar os intervalos para ir ao banheiro, pensar em coisas diferentes e até mesmo dar uma volta longe do ambiente de trabalho. Esse é o segredo para que, quando você voltar aos livros, seu cérebro dar o melhor de si aumentando assim a produtividade nos estudos. Interessante ou não é?

Microsoft One Note

Além de ser um dos aplicativos mais novos da suíte Office, o OneNote serve para mim como caderno e que posso ter acesso de qualquer lugar. A ferramenta é gratuita e pode ser baixa tanto no Windows como no IOS. De maneira simples o OneNote é um caderno virtual que serve para estudar, organizar, escrever etc. com a comodidade de acessar e escrever em qualquer lugar!

A parte de organização do aplicativo é um ponto a mais! Ele é perfeito para nós, estudantes, organizarmos nossas matérias e notas por categorias e tópicos. Além disso, temos a opção de marca texto para as revisões com várias opções de cores. Notas rápidas, notas de aula, importar imagens, tudo isso fica muito mais fácil com ele!   Além disso, como estudante, é ainda mais importante ter um sistema configurado para sincronização, de modo que você é capaz de acessar suas notas de aula onde quer que esteja, mesmo em movimento.

Note que ele possui uma barra de ferramentas para lembretes, marcar coisas importantes e lembrar de tarefas pendentes. Não é o máximo? Eu amo!

Motivação

Seus objetivos são validados pelos seus motivos.Portanto, você só estará motivado para estudar se você tiver objetivos bem definidos.

Então eu te pergunto, quais são seus objetivos de estudo? Ou porque você está estudando?

Parece besteira, mas viver sem objetivos é deixar sua vida no piloto automático, você não sabe para onde está indo, só está indo. Para você alcançar algo é preciso que você tenha bons objetivos e isso vale também para seus estudos. Mas para isso você precisa saber criar objetivos corretamente.

Além dos objetivos, criar metas diárias é muito importante. Isso vai te ajudar a ficar sempre motivado. O cérebro gosta de recompensas, por isso defini-las agora será um passo importante para construir a base da sua motivação com os estudos. Além disso, essas recompensas o ajudarão a construir seu hábito de estudos.

Você pode escolher qualquer coisa, gosta de doces? Então pode colocar que sempre ao final das suas metas diárias de estudo você irá comer um chocolate (só cuidado que essa meta pode te gerar alguns quilinhos 🙂 ) Gosta de seriados ou filmes igual a mim? Então que tal assistir um episódio da sua série favorita assim que terminar de estudar? Esse é um ótimo incentivo, pelo menos para mim foi.

Deixo aqui um vídeo que pode motivar vocês na hora dos estudos e um pouco da minha rotina. Espero que vocês tenham gostado!

Me sigam nas redes sociais!!!

Beijos

Página 4 de 12« Primeira...23456...10...Última »